Ir para:    página inicial    |    conteúdo página    |    pesquisa 

Projectos agrícolas

Na área agrícola a FATA aconselhou, elaborou e acompanhou inúmeros projectos, em praticamente toda a sua área de intervenção, aos fundos comunitários que os quadros anteriores disponibilizaram. Os projectos agrícolas e industriais foram, sem dúvida, os mais representativos. 

A nível agrícola, efectuaram-se projectos de jovens agricultores e projectos de investimento em agricultura. Estes projectos permitiram efectuar avultados investimentos em construções, máquinas/equipamentos, plantações de olival para azeite, plantações de souto para fruto, plantações de pomares, viticultura, apicultura, ovinos, caprinos, suínos, bovinos e cunicultura. 

A nível industrial elaboraram-se e acompanharam-se projectos de investimento para lagares de azeite, assim como os respectivos processos de licenciamento industrial. 

A FATA é ainda entidade promotora do Projecto de Emparcelamento Rural Integrado de Vilarelho da Raia e Vilela Seca – Concelho de Chaves e do Projecto de Emparcelamento Rural Integrado de Lagoa – Concelho de Macedo de Cavaleiros; 

Em 2001 executou um Projecto no âmbito do Programa Operacional do Norte, Eixo 1 – Medida 1.4 – “Programa das aldeias de Quarta Geração” que tinha como principal objectivo formatar um programa de intervenção integrada em espaço territorial definido (aldeias). Esta intervenção foi transversal a todos os sectores de actividade, mas com base no sector agrícola. Foram escolhidas 6 aldeias de Trás-os-Montes e Alto Douro (Gostei, Campeã, Vilarelho da Raia, Santa Cruz, Cabeça Boa e Lagoa) com importância Agrícola e de modo a que se situasse uma por cada Agrupamento de Municípios da Região. Foram desenvolvidos, para cada uma das aldeias, planos de intervenção que integraram desde a agricultura até aos serviços, não descurando o património nem a defesa do ambiente.

 

Voltar